Informação em tempo real 24 horas por dia
Durou apenas 16 dias a cassação da prefeita da cidade de Equador, Noeide Sabino (DEM). Nesta quinta, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu, por 4 votos a 3, que a prefeita retorne ao Cargo. Noeide e seu vice Joady Gomes haviam sido cassados no último dia 2 de julho, acusados de abuso de poder econômico. Noeide e Joady recorreram da decisão.

O julgamento, iniciado na semana passada e paralisado após um pedido de vista do juiz Verlano Medeiros foi retomado hoje com o voto favorável de Verlano a prefeita. Também votaram a favor da prefeita Amilcar Maia, João Batista Rebouças e Carlo Fernandes. Contrários a volta de Noeide votaram o relator do processo Artur Cortez Bonifácio e ainda Nilson Cavalcanti e Francisco Eduardo.

Noeide e Joady foram processados na Justiça Eleitoral pelo Ministério Público Eleitoral por compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2012. Com a decisão, Noeide e Joady reassumem seus cargos, até o recurso que pede a anulação da sentença da 24ª Zona Eleitoral ser apreciado pelo TRE.

“A sensação é que a Justiça foi feita. Agradeço primeiro a Deus. Tinha certeza que a justiça seria feita. Por que quem não deve, não teme. Foi assim que passei esses dias”, disse a prefeita

De Fato
>
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

Publicidade